Depressão infantil

depressão infantil



Crianças muito quietas ou tímidas, na verdade podem ser vítimas de uma doença silenciosa, a depressão infantil. Muitos pais demoram a perceber os sintomas da depressão , por isso é importante saber que, um estudo divulgado pela Organização Mundial da Saúde- OMC- revelou que 20% das crianças de 0 a 12 anos apresentam sintomas de depressão infantil.

Estes estudos alertam os pais a ficarem mais atentos a seus filhos, ao invés de dizer frases do tipo:

– Ah! Isso é coisa de criança logo passa!

Ou:

– Isso não é nada, você ainda tem muito o que aprender…

Se agimos assim com nossos filhos, a causa de sua depressão pode ser nós mesmos, os pais.

Depressão infantil

Devemos nos preocupar com os sentimentos de nossos filhos, fique atenta a alguns motivos causadores da depressão infantil.Os motivos mais freqüentes que causam a depressão são :

  • Troca de escola.
  • Ausência dos pais.
  • Stress infantil.
  • Abuso sexual.
  • Morte na família.
  • Divórcio dos pais.
  • Conflitos familiares (até mesmo brigas entre a criança e irmãos).
  • Excesso de cobrança, ou a falta de …

A falta de cobrança pode levar a criança a acreditar, que não tem importância na família.

O que fazer para ajudar uma criança deprimida?

Saiba o porque do sofrimento da criança e caso a criança não queira falar, respeite, e deixe claro, que com você ela pode contar!

  • Ouça sempre o que a criança tem a dizer, preocupe – se com o que tem sonhado durante a noite, desenhe com a criança, assim você acumula dados que podem ajudar o psicólogo na hora da consulta.
  • Conheça o máximo possível sobre seu filho!Nome dos coleguinhas, nome dos pais dos coleguinhas, o que acontece na aula, no recreio ou no seu dia a dia.
  • Se a criança passar o dia na casa de algum parente ou com a babá, faça perguntas sobre o que fizeram juntos, o que comeram, ou o que assistiram na TV.
  • Façam o dever da escola juntos, é importante ser apoiado no período escolar.
  • Saiam e tenham um dia de meninos ou um dia de meninas, ao meno uma vez por semana.
  • Em caso de pais separados, reserve um dia a sós com seu filho ou filha, sem o padrasto e irmãos da nova relação, ele precisa saber que mantém laços firmes com o pai ou a mãe, mesmo depois da união com outra família.
  • Pergunte o que o seu filho gostaria de fazer ou comer, e programe um dia juntos!

Todos precisamos de um pouco de dedicação, mas mesmo com toda esta atenção, procure um psicólogo para avaliar melhor o caso.

 

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

2 thoughts on “Depressão infantil

    • Teka says:

      Gustavo, peça a ajuda de um psicólogo.Não sei quantos anos você tem mas se estiver deprimido saiba que existe tratamento e você tem o direito de ser feliz!!!Espero que seja apenas um momento.beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *