Como adotar uma criança?



O desejo de ser pai e mãe de muitos casais brasileiros geralmente esbarra na burocracia e no preconceito.O processo de adoção então, passa a ser complicado, doloroso e, demorado.Muitos desistem, e a fila de crianças sem família só aumenta.Mas se você está disposto a lutar por um filho e dar a ele uma família, saiba como adotar uma criança, e prepare-se para o que tem por vir.

Como adotar uma criança?

Para  adotar uma criança, os interessados podem ser, solteiros, divorciados, ou casados, desde que tenham mais de vinte e um anos de idade.As inscrições devem ser realizadas em uma das muitas varas de infância espalhadas pelo Brasil.Muitos documentos serão necessários, inclusive um documento de sanidade mental.

Logo em seguida, será marcada uma entrevista com uma assistente social, que deverá conhecer a casa do casal ou do interessado.Essas entrevistas poderão se repetir por algumas vezes, e depois de uma conversa com o promotor de justiça, os interessados na adoção deverão esperar que uma criança apareça , seguindo as exigências requeridas.

Por que a demora no processo de adoção?

Muitas famílias estipulam características que geralmente assemelham-se a si próprios, buscando uma justificativa para que a criança possa ser aceita por eles, pela família e pela sociedade.Crianças brancas, e ainda bebês com meses de vida,  são as mais desejadas, o que torna o processo de adoção ainda mais lento, pois há várias crianças na fila para a adoção imediata, ou seja, destituídas do pátrio poder e aptas para serem adotadas.

Obter o pátrio poder ou a guarda definitiva da criança a ser adotada,  é o processo mais demorado, e que implica em anos de espera, já que os pais biológicos da criança deverão ser destituídos oficialmente desta obrigação.Os pais biológicos devem aparecer depois de convocados oficialmente, e muitas vezes isso leva tempo.Caso os pais não respondam a convocação, da-se andamento a destinação da criança.

O estatuto da criança diz que , a adoção só deverá ser feita,quando todas as chances de manter a criança junto à sua família estiverem esgotadas.

Quantos meses são necessários para a adaptação da criança a ser adotada?

Vencida essa etapa, a criança poderá permanecer com os interessados pela adoção, por seis meses em média.E somente após este prazo, é que a criança poderá ser registrada como filha dos pais substitutos, cancelando o registro em nome da família biológica.

Durante os seis meses de adaptação, espere que por algumas vezes, uma assistente social visite a sua residência, para avaliação.

Espere por muitas perguntas, ainda por alguma invasão de privacidade, como ter a geladeira observada, estado da arrumação da casa, estado dos móveis objetos e etc.

Muitos interessados a adotar uma criança, passam por situações constrangedoras, o que torna o caminho doloroso.Por mais este motivo se, você é uma dessas pessoas que deseja adotar uma criança, saiba que cada criança vale a pena.

Parabéns pela iniciativa livre de preconceitos estipulados pela sociedade, que ainda considera criança abandonada, delinqüente.E não esperemos do governo, ou autoridades responsáveis, incentivo.

A experiência da engenheira agrônoma, Mônica de Mello Barbosa, em entrevista a revista Nova, afirma que, ao sugerir às autoridades responsáveis que se fizesse campanha para a adoção de crianças, recebeu a seguinte resposta:”E o que você vai ganhar com isso?”

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

12 thoughts on “Como adotar uma criança?

  1. Alexandre Brendim says:

    Nós do JJ Cabeleireiros, vamos a cada 15 dias em alguma creche indicada pela Ação Criança cortar cabelos, ensinar higienização básica e principalmente tentar aumentar a auto-estima das crianças.

    Infelizmente não podemos atender nem metade das crianças das creches, porque os seus pais, os mesmos que os abandonaram à própria sorte, não autorizam que este serviço seja feito.

    Será que em pleno século XXI continuaremos a pensar como há 500 anos atrás?

    Será que essa política de adoção retrógrada nunca vai ser revista?

    Será que nosso presidente, tão populista e tão voltado ao lado social, não vai realizar uma ação social que seja nesses 8 anos de governo?

    É muito triste ver tudo isso… Quem deveria ajudar, só não fica de braços cruzados, porque precisam deles para impedir que o processo ande por si só.

    Agora, para tirar político corrupto da cadeia, o processo não passa de 24 Hrs.

    Desculpe o desabafo, mas esses assuntos são revoltantes.

  2. sereia2009 says:

    minha filha está gravida e ninguem poderá criar o bebê,inclusive ela;porisso queremoa doar o bebê .ela ja está de 5 meses e quer resolver o mais rápido possivel pra não ver o rostinho do bebê.a pessoa deve ter muitas condições de vida financeiras e ser casados .tem que busca-lo no hospital .meu fone :021-99022565…ajudem minha filha resolver este caso…meu email:ana.blanc@hotmail.com de preferencia de fora do brazil;se for possivel.criança branca e linda segundo as irmazinhas são;de olhos claros conforme pai e mãe…obrigada beijos.

  3. sereia2009 says:

    minha filha esta gravida e quer fazer adoção do bebe…criança branca de olhos claros.esta de 5 meses e quer resolver o mais rapido possivel…tem que ser pessoa de excelentes condições financeiras,e casados.de preferencias fora do Brazil,se for possivel…meu fone :021-99022565 meu email :ana.blanc@hotmail.com obrigada.

  4. Paulo says:

    Sinceramente, é triste, deprimente e escandaloso viver n ´um país em que se financia de tudo: invasão de propriedades, a tráfico de drogas; tráfico de influência a substituição de avião de presidência com compra de "jatinho reserva"; desvios milionários, bilionários de grana que deveriam ser destinadas a pessoas, a seres humanos… Meu Deus! Cada vez que olho para meus 2 filhos, dou graças e e emociona ve-los bem, estudando, com estrutura familiar, providos de tudo, tudo o que possa-se querer para crianças, mas, ao mesmo tempo uma dor lacerante, impiedosa, forte e com um choro sufocado na garganta, quase sempre vindo a tona, penso em TODAS as crianças do mundo, todos os pequenos e pequenas tão dependentes de alimentação, saúde, cuidados, amor, carinho! Pelo amor de Deus, se ao menos 1, só 1 político estiver lendo esses desabafos, faça algo estimulando seus comparsas, digo, seus amigos outros políticos, qualquer coisa, mas AJUDEM em nome de Jesus Cristo! Lembrem-se senhores poderosos, que um dia infelizmente, poderá se confrontar com a dor dentro de suas próprias casas, o que de forma alguma estou desejando, pois criança para mim, é ser iluminado seja qual for sua casta, sua família, sua naturalidade. Encerrando, espero conseguir a adoção de 1 ou mais irmão (as) para serem parte de minha sagrada família e provera quem chegar, tudo de bom que a vida puder nos proporcionar. Crianças, anjos iluminados, Deus as proteja, porque nós adultos, como sempre, falhamos.

  5. Paulo says:

    A autora do blog, nossos reconhecimentos de que pequenas ações como essas, de ao menos tentarmos chamar a atenção das pessoas, pequenas ações como essas, já são sinônimo da grandeza dos sentimentos que a grande maioria das pessoas ainda guarda consigo. Parabéns, fé e força na vida a todos!

  6. victoria 9 anos says:

    oi meu nome victoria eu sou uma criança e minhamae quer adotar uma menina de 9 tb mas sou eu q quero uma irmã so
    que nos nao achamos em sao paulo osasco .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *