Ronco, Insônia e Depressão



Geralmente temos o ronco como um problema comum, em alguns casos consideramos até mesmo suportável.Mas a verdade é que, podemos estar criando um Bicho Papão no armário!O ronco poderá causar insônia, e conseqüentemente depressão ou, até mesmo ser causa de uma doença grave.

Conheça mais sobre o assunto:

Ronco.
O ronco acontece quando há estreitamento das vias aéreas superiores e, dificulta a passagem do ar das narinas, para as traquéias e pulmões.

As causas mais freqüentes são a obesidade e a flacidez dos músculos.

Problemas nasais e aumento das adenóides ( estrutura semelhante às amídalas situadas atrás do céu da boca) raramente determinam o ronco.

Em casos mais graves, o ronco pode ser causa da apnéia do sono.

A apnéia acontece quando há até quinze paradas curtas na respiração, de cerca de dez segundos por hora de sono.

A síndrome da apnéia pode ter uma conseqüência mais séria, como diversos problemas cardíacos e alterações de comportamento.

Em alguns casos, a solução poderá ser uma cirurgia para corrigir a flacidez da faringe.

Insônia
Geralmente acreditamos que, quem sofre de insônia é aquela pessoa que passa a noite acordada, perambulando pela casa e se revirando na cama.

Na verdade o insone até dorme, mas acorda com a sensação de que não descansou.

Podemos considerar que, pessoas que acordam o tempo todo durante a noite, ou que dormem durante algumas horas, mas depois perdem o sono até o amanhecer, também sofrem de insônia, caso este estado esteja se repetindo constantemente.

Embora a insônia possa ser causada por diversos fatores, a sua ocorrência está sempre ligada a distúrbios nos neuro – transmissores, os mesmos que coordenam o sono.

Depressão
O que pouca gente sabe é que, esses distúrbios podem causar depressão.

O dr. Denis Martinez explica : …” mais da metade dos que sofrem de insônia estão com depressão”.

Se por um lado a insônia traz alguns problemas na vida das pessoas como, mau humor, irritação, desânimo, cansaço, desatenção e etc … a depressão pode ser devastadora, pois poderá acarretar vários outros sintomas, como a crise do pânico.

Portanto não se descuide e procure logo um médico.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

5 thoughts on “Ronco, Insônia e Depressão

  1. Macedo says:

    Eu costumo ter muitas insônias, ronco um pouco de vez em quando (dependendo da posição em que eu durmo) mas estou longe de ter depressão… A questão da insônia é algo que me preocupa, eu trabalho há 3 anos das 8 da manhã as 6 da tarde e mesmo assim não consigo dormir antes das 2 da manhã. Acredito inclusive que a internet seja um dos fatores dessas insonias, é possível?

    Enfim.

    Ótimo post Teka 🙂

  2. Catarino says:

    Na nossa saúde tudo é interligado, um problema como o ronco pode acarretar outros problemas ou ter solução por meio de cura de outra doença existente.

  3. durmamelhor says:

    Com certeza Catarino. Às vezes me impressiona também como no corpo tudo está conectado. É possível fazer massagem nas mãos e relaxar a cabeça. Massagear os pés e melhorar um problema no fígado. Incrível.

    E na maioria dos casos, os distúrbios do sono são apenas uma conseqüência de um outro problema, e não a causa em si.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *