Viagra para mulheres



Neste momento, cientistas de todo mundo estão pesquisando novas substâncias capazes de aumentar a nossa libido.Dentre as muitas novidades, está a pílula do desejo, criada por cientistas de Edimburgo, uma solução unissex, que promete estimular o casal durante o sexo.

A pílula libera a gonadotrofina do tipo 2, reguladora do sistema reprodutivo, favorecendo a fertilidade e a perda de peso.

Outra pílula do gênero é a Yombina ou Yohimbe, fabricada a partir da casca de uma árvore do Congo.

O curioso desta pílula é que, o seu uso era apenas veterinário, destinado a elevar a potência sexual de animais.

Novas pesquisas concluíram que ela pode funcionar como antioxidante e vasodilatador, o que significa que ao ingeri – la, se obtém maior fluxo na região genital.

Vendido somente com prescrição médica.

Outros estimulantes:
viagra para mulheres

Pílula Libigel.

Um estimulante que promete aumentar a libido em minutos, mas que estará disponível no mercado a partir do segundo semestre de 2009, é o Libigel, do laboratório BioSante.

O Libigel, é um creme a base de testosterona, que deve ser aplicado na região do antebraço.

Pomada de arginina.

Mais um produto de uso tópico, é a pomada a base de arginina, um aminoácido, para aplicar na região da vulva e aumentar o fluxo sangüíneo.

Só pode ser prescrito pelo médico.

Eros CTD (Clitoral Therapy Device).

Visa corrigir a frigidez, agindo sobre o clitóris e está aprovado pelo FDA.

De acordo com o fabricante, ele faz uma suave sucção provocando acúmulo de sangue no local para melhorar as sensações, a lubrificação, o orgasmo e a satisfação .

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

10 thoughts on “Viagra para mulheres

  1. Perfume de Afrodite says:

    Teka, ótima dica para mulheres que apresentam problemas de frigidez, ou até mesmo problemas psicológicos e não conseguem prazer na relação sexual. Assim como os homens, as mulheres com algum tipo de “ineficácia” se sentem frustradas por não terem a satisfação desejada como a maioria. Então, se as pesquisas avançam e os medicamentos aí estão para serem usados, devem ser aproveitados. Muito bem explicado o texto! Abçs!

  2. Teka says:

    Obrigada Luciana, é bom que estejam se empenhando em resolver o problema feminino também, concordo sim, muitos relacionamentos têm desses problemas, e apesar do amor entre o casal, a união não funciona.

    Beijo…bom fim de semana!!!

  3. João says:

    Telminha,

    O que é claro nos tempos actuais de excessos de stress nos cansaços e preocupações,é a crise do desejo.
    Os psicólogos e sexólogos o sabem melhor,pois eles são muito solicitados para reavivar os desejos,os prazeres e as relações intimas.

    Na verdade acho que não será pela medicina de medicamentos milagrosos a solução melhor,pois ela pode aumentar o vazio emocional,sensorial e espirituoso da sexualidade.
    É um perigo que os casais devem de estar atentos…pois as soluções costumam estar dentro de nós e não em químicos artificiais,estes são sempre um bom negócio para outros.

    Abraço amiga,
    joao

  4. Juan Trasmonte says:

    Telminhaaa!!!
    Acho legal para problemas clínicos, mas desejo difícilmente tem a ver com questões clínicas. Não sei, pílula para o desejo parece coisa de livro de ficção científica de Asimov.
    O mais difícil continua sendo enfrentar as nossas próprias sombras.
    Interessante teu texto, como sempre.
    Beijos

  5. joselito bortolotto says:

    Telma

    Fico aqui pensando com meus “botões”, depois que tudo isto chegar no mercado, as mulheres com a corda toda e do jeito que os homens estão se tornando um material um tanto escasso. Vai sobrar ainda mais mulheres. Muito bom.

    Um abraço

  6. Teka says:

    Olá João, tem razão sim, as pílulas não tratam da frigidez da mulher, é apenas um estímulo que, não promete a cura.

    Pra quem tem problema é bom ir ao médico, a solução certamente não estará num sex shop!

    Beijo, bom sábado!

  7. Teka says:

    Olá Juan…acho mesmo que sem auxílio psiquiátrico, as pílulas não sejam a solução para a frigidez, talvez sim, desde que com acompanhamento médico!

    Beijo…apareça sempre!

  8. Ana says:

    Oi tenho 35 anos sou casada mais de 8 anos, tenho dois filhos, nunca descuidei do meu corpo, mas sinto que meu marido não está mais interessada por mim,sempre o procuro, e ele diz que tem dores de cabeça, além de chegar cansado do trabalho, já tentei conversar mas ele não se interessa, estou pensando em separação,por que ele perdeu o apetite ******, existe algum remédio que possa aumentar o apetite ****** dele, será que ele está me traindo? por favor me ajude, por que ainda o amo. Obrigada.

    • Teka says:

      Ana, não posso lhe receitar nenhum medicamento, mas existem alimentos afrodizíacos que, se não matam, mal não devem fazer, como, ostras, catuaba, chocolate e condimentos picantes.Procure descansar, viajar só vocês dois e…tentar uma aproximação!Boa sorte!Beijo!

  9. Maria Quente. says:

    Já fiz uso de uns comprimidos a uns 30 anos atrás, foi um efeito fantastico, tomei com cuidado aos pouquinhos observando o aumento do clítóris ,quando sentia alguma alteração parava.O prazer é indescritível, não existe mulher frígida, existe apenas mulher com baixa taxa de testosterona que é o hormonio do prazer.Só parei por que já era muito sexuada fiquei com medo de explodir de prazer, agoro com 67 anos estou querendo voltar a usar um pouco sempre devarinho com cuidado .Serve para ficar mais decidida, menos medrosa e com os músculos mais fortes. E para melhorar o desempenho ****** como lubrificação e voltar a ter orgasmos múltiplos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *