Como criar um filho único

menino com coroa



Hoje em dia, encontrar pais com mais de quatro filhos é uma raridade! Aliás, casais com quatro filhos já são considerados extremamente corajosos, diga-se de passagem … O motivo de alguns casais ainda “optarem” por essa quantidade de filhos, se deve ao estilo de vida da família, à religião, ou, em regiões mais pobres, à ignorância sobre métodos anticoncepcionais. Mas a cultura do Brasil vem mudando desde 1990, quando a estimativa era de uma em cada dez mães terem apenas um filho. Em 2007 o índice pulou para uma em cada três, segundo fonte IBGE.

Se você é um desses casais moderninhos e conscientes, aproveitem as nossas dicas de como criar e educar um filho único, para que o principizinho ou princesinha não se transformem nos vilões tiranos do seu conto de fadas.

 

Deixe claro sua opção:

A criança precisa saber que ter um único filho foi uma opção do casal, que pensou em proporcionar conforto e educação satisfatórios ao novo membro da família. Exemplificar e explicar o motivo da escolha nunca será demais, principalmente se a criança questionar muito sobre o assunto.

Só tome cuidado para não fazer com que pareça que o seu filho é o centro do mundo, ele pode se aproveitar dessa situação. Mas, questionamentos são saudáveis, é sinal de que a criança está interessada, e sendo assim, absorverá melhor o assunto. Aproveite bem esses momentos.

Cuidado com a atenção em excesso
Devemos atenção a nossos filhos, faz parte de uma boa educação, o que não quer dizer que todos os seus desejos devam ser satisfeitos! É importante não ceder a apelos chantajosos, ou, com intenção caprichosa, assim você acabará escrava, enquanto ensina a seu filho o quanto o mundo lhe “deve”.

Pense que um dia ele não poderá mais depender de você pra tudo, e que o mundo não existe para servi – lo, se não estiver preparado, certamente irá sofrer.

Pedir ao filho único que lave as próprias meias, pratos e arrume a própria cama, não são apenas deveres de mães com mais de um filho, são deveres de todos, mesmo que com apenas um filho você tenha tempo de sobra para realizar o trabalho, é assim que se ensina autonomia às crianças.

Permita que seu filho tenha a própria idade

Já reparou como filhos únicos geralmente são mais adultos que a maioria das crianças da sua idade? Pois não se orgulhe disso! Crianças têm o direito de viver a própria idade!

Permita que seu filho brinque com o vizinho e tenha amigos que frequentem a sua casa, um animal de estimação também ajuda no relacionamento com outras pessoas. Programas de adulto, são como o próprio nome diz : “…para adultos”. Portanto, quando for a um jantar de amigos, deixe o filho na casa de um coleguinha, ou com os primos.

Mimos e presentes

Querer dar ao filho tudo aquilo que você não teve, não é errado, desde que seja na hora certa. Evite acostumá-lo mal, permitindo que tenha tudo o que deseja na hora e da forma que ele quer. Esperar o aniversário, ou Natal para ganhar presentes não mata ninguém!

Sensíveis demais

Filhos únicos não convivem com quem possam disputar presentes, e não passam por situações de atritos comuns a idade das crianças, como quando se tem irmãos, e sendo assim, podem ser mais sensíveis que outras crianças, e chorar ou se magoar desnecessariamente.

Estejam atentos papais e mamães, para que não superprotejam seus filhos em casos de desentendimentos, eles voltam a se relacionar como se nada houvesse acontecido, e vocês acabam pagando pastelão.

Ninguém é perfeito

Entenda que, por mais que você tenha tempo e dedicação para ensinar e acompanhar o seu fillho único, ele não deve ter a menor obrigadação de ser perfeito.

Muitos pais de filhos únicos tendem a pressionar a criança devido às suas próprias inseguranças, e lhes cobram a educação, o tempo e a própria opção por um único filho, como se a criança tivesse a obrigação de corresponder às suas escolhas e conceitos, exatamente como o planejado.

Não se espelhe no seu filho

A criança que hoje depende das escolhas da mãe, precisa ser preparada para seguir o próprio caminho, (que não é o seu), e consequentemente fazer as próprias escolhas.

Procure evitar que a frustração de não ter sido uma grande bailarina, ou um astro do futebol, acabe interferindo nos verdadeiros sonhos do seu filho.

A taxa de fecundidade mundial nunca esteve tão baixa, atualmente o Brasil se iguala aos EU, com 2,0 de famílias que optam por um único filho. A previsão é que entre 2025 e 2030 a taxa deva cair para 1,5.

Fontes de pesquisa:
PHD Susan Newman

Toni Falbo – Only child

Carolyn White

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

7 thoughts on “Como criar um filho único

  1. Renan says:

    Conheço dois filhos únicos que demosntram extamente o quanto a criação influencia na personalidade de uma pessoa. Um deles é uma criança agradável, educada, generosa. Outro é agressivo (até mesmo com os pais), egoista, desafia as pessoas entre outros defeitos insuportáveis.

  2. Iит€я€รรǺитт€ says:

    Òtima postagem!

    as vezes as pessoas pensam que criar um filho único é fácil, eu sou filho único e sei o quanto dei trabalho, e ainda dou rsrs

    abraço

  3. Mayra says:

    Como filha única que sou, sei muito bem como é sentir-se sozinha e um tanto quanto "centro do mundo"… coisas de pais que enforcam os filhos com muito amor. Das duas uma: ou vc cria filhos mimados ou filhos meio frustrados…
    enfim, terei mais de um filho! o/

    adorei o post!

  4. Claudine Ribeiro G. Netto says:

    Não é fácil criar um filho hoje em dia e único nem se fala, pois temos que dosar tudo, mimos , presentes, atenção….Eu sei por que tenho um único filho, que aliás é lindo e maravilhoso.

    Amiga, tem um selo para você, passa lá para pegar.

    Bjs.

  5. Sissym says:

    A minha filha é de uma geração de filhos unicos. Na primeira escola dela 95% eram únicos. Eles se gostam como irmãos. Eu não queria ter uma unica filha, mas aconteceu. Nem por isso eu a mimo, sequer posso dar ao luxo disso. Eu tenho preocupaçoes futuras por ela ser filha unica. Deixo nas maos de Deus.

Deixe uma resposta para Mayra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *