Por que meu filho é baixinho



A estatura do brasileiro vem aumentando de acordo com a erradicação de doenças e maior acesso a alimentação equilibrada. Algumas escolas municipais e estaduais também melhoraram o cardápio para nossas crianças. A alimentação é muito importante para o crescimento e saúde de nossos filhos, principalmente durante a primeira infância, ou seja, até os cinco anos de idade. Se nesta fase a criança não se alimentar com proteínas e calorias suficientes, certamente perderá centímetros durante a fase de crescimento.

Por que meu filho é baixinho

filho baixinho

É possível associar o tamanho do bebê a fatores críticos ou má alimentação da mãe durante a gravidez e amamentação do bebê. Durante o pré natal a nutricionista poderá elaborar um cardápio de alimentos essenciais para a gestante, mas para se alimentar bem, basta se ter a consciência de que alimentos naturais como frutas,verduras, proteínas, leite, iogurte e queijo branco, devem fazer parte do nosso dia a dia.A regra básica é ter um prato colorido, com várias cores.

Evite refrigerantes e pratos prontos, além do excesso de sal e gordura, são alimentos que não contém elementos saudáveis necessários para a mãe e ao bebê.

Troque o doce pela fruta, e a fritura por assados. Sucos naturais a vontade. Além das vitaminas, elas proporcionam cálcio, zinco, ferro e outros minerais essenciais para o crescimento saudável do bebê e da criança.

Por que o amiguinho da escola é mais alto?

É na idade de 4 e 5 anos que a velocidade do crescimento na criança diminui. Nesta fase de transição da infância para a criança, aquele que consegue alcançar uma estatura maior até os quatro anos de idade, poderá ser mais alto que a maioria que não cresceu até esta idade.

Outro fator a considerar é a genética. A criança herdará dos pais uma determinada altura, que pode ser diferente para meninos e meninas. Mas esta é uma observação que deverá ser dada pelo médico.

Crianças que atingem a pré adolescência, alcançam uma estatura que indica a altura final, por esse motivo é importante aplicar estímulos terapêuticos para o crescimento da criança, antes dos nove e dez anos de idade.

Por que meu filho não cresce?

Crianças que se alimentam bem e não crescem, podem sofrer com algum tipo de distúrbio hormonal, ou carência de vitaminas. Doenças sofridas na infância, também retardam o crescimento, é importante que o pediatra acompanhe o desenvolvimento das crianças que sofreram internações, diabetes, ou doenças mais graves.

O hormônio faz mal?

Houve uma época em que o tratamento para crescer utilizava anabolizantes com efeito androgênico, aumentando a massa muscular e crescimento ósseo, porém deixava sequelas.

Esse tipo de tratamento não se usa mais, o tratamento moderno pode ser aplicado pela própria criança na hora de dormir, e recebeu o nome de hormônio do crescimento.

Outra opção, desta vez aplicável somente em meninas, é uma maneira de frear a menarca, impedindo que a adolescente menstrue, e assim continue crescendo.

Passe a comparar a altura de seu filho quando ele estiver ao lado de coleguinhas no colégio, e se precisar procure um pediatra para começar o tratamento.

Como eu sei que meu filho parou de crescer?

As crianças devem trocar o número dos pares de sapatos e roupas, pelo menos uma vez ao ano. Isto demonstra que o crescimento da criança está normal. Roupas que estão servindo há 2 ou três anos seguidos, podem ser um sinal de alerta para os pais.

Além da alimentação correta e balanceada, crianças podem se desenvolver melhor com a prática de esportes como vôlei, basquete, e natação. Todos esses cuidados evitarão que seu filho seja baixinho.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *