Meu filho não gosta de estudar

filho



Nem toda criança ou adolescente gosta de estudar ou leva o estudo a sério, o que é um grande problema para a maioria dos pais. Para facilitar as coisas, o estímulo deve começar desde muito cedo, quando a criança inicia a sua fase social e escolar. Cuide para que a criança não sofra traumas nesta fase, ou haverá maior sofrimento e dificuldade de adaptação. Alguns tipos de sofrimentos podem provocar desinteresse pelos estudos. É importante passarmos algum tempo com nossos filhos para sabermos do que eles realmente gostam, e assim tentarmos despertar o interesse pelos estudos através de um lazer, uma paixão ou um esporte.

 

Escolher um bom colégio infantil também influencia nesta questão, depois de passar pelo dilema que será escolher deixar o filho na creche ou com a babá, o  próximo passo deverá ser torcer por uma boa adaptação escolar.

O primeiro dia de aula, creche ou berçário é sempre muito difícil, também para os pais, então lembre – se de não transparecer preocupação, culpa ou receio.Haja naturalmente, e se possível com uma certa empolgação.Inicie esse processo de maneira tranquila e calma, de preferência aos poucos.

Como incentivar o hábito do estudo nas crianças?

Disponibilize todo o material necessário para que a criança possa concluir tarefa e trabalhos em casa.

Estipule um horário para a realização do dever de casa, um tempo que a criança possa adequar à sua rotina, sem comprometer o seu lazer.

Auxilie no dever de casa, explique possíveis dificuldades que a criança possa ter, ensine um pouco do que aprendeu a seu filho, e elogie!

Alguns pais têm muita dificuldade em elogiar seus filhos, acreditam que possam estar “afrouxando” na educação, mas a verdade é que ninguém consegue seguir um caminho sem incentivo, tome – se como exemplo : O quanto é possível aguentar um emprego no qual não se é reconhecido?Com o tempo haverá desânimo, e mais tarde revolta não é mesmo?O mesmo acontece com nossos filhos, eles precisam ser valorizados!

Esse tempo deverá ser entendido pela criança como um lazer, portanto não perca a paciência, grite ou faça mais exigências do que a criança poderá cumprir.

Lição de casa não é castigo!

Fazer lição nunca é castigo, fazer lição é prazer, não puna seu filho o trancando no quarto para que estude, estude com ele e, procure por alternativas que possam enriquecer a relação entre vocês dois.

Se por algum motivo perceber que há um problema, ou uma causa para o desinteresse da criança, invista na amizade entre você e seu filho, para que ele se sinta à vontade para se abrir com você.Ajude, incentive, se mostre curioso, faça muitas perguntas sobre o dia na escola, os colegas e a professora, procure descobrir se algo está deixando a criança irritada, triste ou frustrada, ao descorir a causa da má vontade em estudar poderá solucionar o problema.

Leia e incentive a leitura

Incentive a leitura, deixe a criança escolher o seu próprio estilo, não force uma escolha só por que na sua infância determinado livro foi o seu preferido.

Se seu filho preferir quadrinhos da “Turma da Mônica” ao invés de “O Pequeno Príncipe”, permita que seja feita a escolha da criança, é preciso se ter prazer em ler.

Antes de ter filhos precisamos nos conscientizar que, muito de nosso tempo deverá ser gasto com eles, por eles e não por nós mesmos.

Cobre o dever pronto

Demonstre interesse pelos estudos de seu filho, e conscientize – se de que, mesmo cansado depois de um dia duro de trabalho, seu filho precisa de seu apoio em casa.

Aproveite esse tempo junto a seu filho, para reparar no estado do material escolar, além de sua evolução como aluno.Peça para ver cadernos e estojo de lápis, borracha e cobre a limpeza da mochila.

Assim os filhos saberão exatamente o que seus pais esperam dele, e tentarão corresponder às suas expectativas.

Todos nós buscamos corresponder à expectativas, com nossos filhos não é diferente.

Não faça o dever de seu filho

Por mais que realizar o dever do seu filho seja mais prático, esse comportamento é menos eficiente.

Além de seu filho não aprender a lição corretamente, ele poderá entender que os pais esperam que suas obrigações sejam realizadas por eles mesmos.E eles corresponderão a isso, refletindo desinteresse pelos estudos na adolescência.

Permita que seu filho demonstre toda a sua inteligência, e o elogie pelo seu esforço e êxito.

Hora de brincar é hora de brincar!

Pais e filhos estão em constante conflito por que esperam que um corresponda ao outro em horários inadequados.

Mas tanto os pais não devem impedir o lazer dos filhos, quanto os filhos não devem exagerar no horário das brincadeiras.

Combinem entre vocês um horário acessível a âmbas as partes e cumpram com o combinado, assim, sem qualquer obrigação o gosto pelos estudos e aprendizado poderá ser melhor aprimorado nas crianças!

O tempo de estudo não deve ultrapassar mais de uma hora, ou o esforço tornará o estudo cansativo e desinteressante.

Aproveite as dicas e boa sorte!

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

One thought on “Meu filho não gosta de estudar

  1. Usuale says:

    Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site, que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

    Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *