Bioplastia : Plástica sem cirurgia



A bioplastia é uma das novidades estéticas mais recentes depois das técnicas de rejuvenescimento facial, lipoaspiração, e mamoplastia.A técnica é basicamente “simples”, já que, não se faz cortes cirúrgicos no tratamento estético realizado através da bioplastia mas, há riscos da bioplastia a serem considerados.

As microcrocânulas atraumáticas, são as condutoras das microesferas de uma solução que se assemelha as da lentes de contato, conhecida como PMMA.

Essa substância pode ser aplicada através de micropunções e moldadas tanto sobre o osso, quanto sobre o músculo do corpo.A anestesia é local.

Em quais casos se aplica a bioplastia?

A bioplastia é indicada para realçar a beleza do rosto e do corpo, a técnica é conhecida como bioplastia facial, promove o preenchimento labial, modela o queixo, preenche rugas, mandíbula e corrige o nariz. No corpo, a técnica pode ser aplicada nas mãos, glúteos e onde o paciente considerar que seja nescessário, desde que, esteja de acordo com o médico.

Posso usar a bioplastia associada a outro tipo de tratamento?

A bioplastia tem melhores resultados em relação ao rejuvenescimento facial quando associada à tratamentos como o peeling, botox, e cremes.

Quando posso ter alta após um tratamento de bioplastia?

Como a anestesia é local, o paciente poderá voltar para casa no mesmo dia.

Consulte uma clínica estética especializada e, um bom cirurgião plástico antes de começar o tratamento.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

7 thoughts on “Bioplastia : Plástica sem cirurgia

  1. Balaio Variado says:

    Muita calma nessa hora pessoal!!! Pesquisei sobre os efeitos de algumas técnicas como esta e me deparei com várias histórias de resultados, não tão bem sucedidos, que só apareceram depois de 8 ou 10 anos. Começaram a surgir bolotas ou inchaços, no rosto das pessoas, que se mostraram arrependidas e que pior, não encontravam solução para os efeitos desastrosos que se intensificavam.
    Então… muitas vezes, técnicas que são consideradas novas (10 anos), ainda não tem o embasamento necessário, para definir quais serão os efeitos a longo prazo.
    Acho bacana para quem necessita, mas é preciso ter cautela e preservar a saúde e a naturalidade.

    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *