Como tratar a flacidez



A flacidez é um transtorno epidérmico que também pode ser considerado mais profundo quando atinge o músculo.Acontece na maioria das vezes em pessoas que, passam muito tempo sob o sol, obesos que perderam muito peso, em mulheres após a gravidez , pessoas que se alimentam mal, fumam ou sofrem de distúrbios hormonais.

Também é levado em consideração o fator genético da pessoa que sofre com a flacidez.

Tratamento da flacidez

Para tratar a flacidez da pele é recomendável que, se proteja contra o sol, não fume, não se alimente mal, ou abuse de dietas restritivas, pratique exercícios que mantenham os músculos fortes, e bebam bastante água.Uma alimentação rica em colágeno auxilia no tratamento e prevenção da flacidez, se acompanhada de uma técnica conhecida por mesoterapia, seus resultados serão bastante satisfatórios.

Tratamentos estéticos a partir de aparelhos modernos como o accent são comuns em clínicas especializadas, além da técnica de Bioplastia que, permite o preenchimento de rugas, queixo,maçãs do rosto, mandíbola e, correção do nariz.

Os cremes hidratantes com solução firmadora da pele, ou cremes caseiros que combatem a flacidez, também devem auxiliar no tratamento estético.

Caso o transtorno seja de difícil resolução e, se concentre principalmente no abdomem, a solução deverá ser a cirurgia plástica, também conhecida como abdominoplastia.

A técnica de abdominoplastia é divida em três categorias: Abdominoplastia clássica, Mini abdominoplastia eLipoaspiração (técnicia que retira a gordura localizada)

Consulte um dermatologista e um nutricionista, e comece já, qualquer um desses tratamentos.

Boa Sorte.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

3 thoughts on “Como tratar a flacidez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *