Sinusite: Prevenção,sintomas e tratamento

sinusite



A sinusite pode ser considerada um tipo de alergia. A doença se dá através da reação exagerada do sistema imunológico à determinados tipos de fungos, poeira, pólen, quaisquer tipos de microrganismos aos quais a pessoa seja sensível ou, vírus. Quando ocorre um impedimento ou obstrução das vias respiratórias e, aumento de muco na região da cavidade nasal, por conta desta reação no organismo da pessoa, cria-se um ambiente propício à proliferação de germes, acarretando os sintomas da sinusite.

sinusite

Quais são os sintomas da sinusite?

Os sintomas da sinusite são, dor de cabeça e face, espirros,obstrução nasal e sensação de mau cheiro nas mucosas do nariz e boca.

A infecção deverá ser constatada através de exames médicos e radiologias.

Qual a diferença entre sinusite e rinite?

A rinite é considerada uma alergia respiratória, seus sintomas podem ir além da obstrução nasal e aumento de muco. A doença pode evoluir para o pulmão, causando bronquite ou asma.

Como se trata a sinusite?

A sinusite deverá ser tratada com analgésicos e antibióticos, adequados no combate do tipo de fungo ou germe presentes na infecção.

Como se previne a sinusite?

Previne-se a sinusite tratando primeiramente os sintomas alérgicos do paciente em questão. Eventualmente se diagnostica a necessidade de intervenção cirúrgica como meio de desobstruir as vias respiratórias por desvios septais ou outros.

O clima também é favorável ao desenvolvimento da doença, mudanças bruscas de temperatura podem influenciar no surgimento dos sintomas da sinusite. Nestes casos, recomenda-se cuidado redobrado às pessoas que vivem em cidades de clima instável.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

One thought on “Sinusite: Prevenção,sintomas e tratamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *