Nutrição na gravidez

gravida comendo saudavel



A nutrição na gravidez garante que o bebê alcance peso e evita o parto prematuro. Nesta fase a mulher deverá preocupar-se em ingerir alimentos nutritivos,  que contenham proteínas, gorduras e carboidratos na medida certa. Mulheres com diabetes gestacional, que geralmente geram bebês com sobrepeso, também devem se preocupar com a nutrição e se alimentar bem, pois a nutrição é essencial para todas as mulheres em fase de gestação, porém, alimentar-se bem e nutritivamente restringe especialmente o exagero, portanto, esta história de que mulher grávida precisa comer por dois, é desculpa pra ser gulosa, e não deve ser motivo pra comer além do que é necessário, para ela mesma e para o bebê. No entanto, mulheres grávidas de gêmeos ou mais, devem sim, manter uma dieta um pouco acima do normal,  mas com um acompanhamento médico adequado.

 

Dieta e regime

O cardápio ideal selecionado para mulheres grávidas é chamado de Dieta. Na dieta gestacional é indicado que se alimente de frutas, legumes, verduras, pães, carnes e peixe, numa proporção adequada. Este equilíbrio na alimentação proporcionará mais saúde ao bebê e à mãe que o está gerando. Não é recomendável que se faça regime.

O regime restringe determinados alimentos essenciais, e pode causar deficiência de nutrientes, desequilibrando o desenvolvimento saudável do bebê, fazendo com que o feto perca peso e,  como consequência, acarretando problemas sérios ou até mesmo  aborto.

Quanto deve engordar uma mulher grávida?

Uma mulher grávida de filho único,  deve engordar de 9kg a 16kg.Isto considerando que a maioria perca de 2kg a 3 kg durante os três primeiros meses de gravidez. Já mulheres grávidas de gêmeos, devem pesar cerca de 15kg a 22kg a mais. Assim, mantendo esta média, os bebês poderão nascer com cerca de 2,5kg a 3kg, o que é considerado um  peso saudável pelos médicos.

Os Nutrientes e as fases da gestação

Para cada fase gestacional há um tipo de nutriente essencial para o desenvolvimento do bebê, acompanhe:

  • Três primeiros meses de gestação,  ácido fólico: o ácido fólico auxilia no desenvolvimento cerebral e neurológico do bebê.
  • Seis meses de gestação, fibras e ferro: As fibras auxiliam no bom funcionamento intestinal da mãe, e o ferro evita que, o aumento de fluxo sanguíneo, comum nesta fase, resulte em anemia.
  • Nove meses de gestação, ácidos graxos e cálcio: Esses elementos favorecem que o bebê desenvolva dentes e ossos saudáveis, além de,  evitar a pré-eclâmpsia.

Mulheres adeptas do vegetarianismo ou veganismo, devem seguir acompanhamento médico nutricional adequado, já que, se faz necessário o consumo de proteínas, como, leite, queijos, ovos e iogurtes.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *