Emagrecer: Seis dicas para controlar a sua comida

mulher comendo



Para as pessoas que desejam Emagrecer: Seis dicas para controlar a sua comida! É muito comum ouvir das pessoas que geralmente fazem dieta, o quanto se sentem impotentes em relação ao que estão comendo. Elas se dizem insaciáveis por gordura e açúcar de uma maneira incontrolável, quase que doentia. Mas na verdade, especialistas têm alcançado sucesso sem a necessidade de tratar o problema de forma patológica, ou seja, a simples mudança de hábito gera resultados satisfatórios em relação ao controle sobre o que se come.

Para que possamos gerenciar melhor o que comemos e ainda nos sentirmos felizes, acompanhe estas dicas.

O que comer no café da manhã?

Devemos nos alimentar muito bem pela manhã, esta será a nossa base de reforço para o dia todo, portanto empenhe-se em tomar um café da manhã nutritivo e balanceado, com menos carboidratos, mais frutas e yogurtes. Mas não se martirize, coma somente o que gosta, o sentimento de sofrimento gera a sensação da necessidade de recompensa, e isso leva a pessoa a se presentear com doces e frituras. Selecione uma fatia de pão, um cereal com fibras,  um suco ou um yogurte. Existe uma variedade infinita de opções portanto não se prenda a um cardápio específico, pois ele poderá se tornar enjoativo e desgastante.

emagrecer

Se você é daqueles que vão para o trabalho sem tomar café da manhã, mude de atitude. Experimente alimentar-se antes de sair para  trabalhar, e preste atenção sobre os efeitos benéficos que lhe podem ser proporcionados.O café da manhã, além de saciar a fome por um longo período de tempo, favorece que o organismo se beneficie de nutrientes que amenizam o estresse, e o mal humor matutino, além de oferecer resistência e dinamismo.

O que comer no almoço?

Você pode pensar que o almoço ideal poderia ser um frango grelhado e uma saladinha com molho de iogurte, mas não é!!! O corpo precisa de carboidratos como arroz, batata ou macarrão. O que você não deve fazer é misturar esses três componentes num prato só, mas sim adequar um destes ao seu prato de salada com frango, esta é a maneira balanceada.

Comer carboidrato durante o almoço, vai evitar que durante a tarde ou após a refeição, você sinta vontade de devorar uma barra de chocolate por que o seu nível de açúcar não foi suprido satisfatoriamente.

A gordura pode ser sua amiga

Geralmente quem faz dieta procura se manter bem longe de alimentos com gordura, mas alguns tipos de gordura nos fazem muito bem, e devemos contar com elas para nos satisfazermos com pequenas porções durante o dia, assim, evitamos nos descontrolar por batatas fritas por exemplo. Algumas gorduras podem ser aproveitadas em pequenas proporções, como em ovos, azeite, peixes, castanhas ou nozes.

Ouça o seu corpo

Atenda o seu corpo quando ele sentir fome.Passar fome é uma estratégia de risco para quem está pretendendo emagrecer. As pessoas se sabotam após passarem longas horas sem comer, pois se permitem comer o dobro quando finalmente conseguem se alimentar. Este comportamento típico, demonstra o quanto somos responsáveis por estarmos sendo incapazes de reagir a um prato de comida, na verdade, estamos nós mesmos, criando esta situação.

Portanto coma quando sentir vontade, tenha sempre uma fruta ou uma barra de cereal por perto.

Não deixe de comer fora

As pessoas que trabalham fora geralmente comem em fast-foods, estas não precisam ser drásticas em relação a elas mesmas, extinguindo do seu dia a dia a opção de comer fora, elas devem sim, procurar por opções mais saudáveis.Sempre há um restaurante que se goste onde se pode comer de maneira saudável e nutritiva. Esta estratégia abre um leque de opções e não cria a sensação de punição.

Coma o que gosta

Podemos considerar uma dieta falida, aquela que nos oferece alimentos dos quais não gostamos. Não se torture, coma sempre o que gosta de comer, praticando o bom senso no momento de criar um cardápio. Combine alimentos que não se sobrecarregam e sim se complementam.

Aproveite para experimentar alimentos novos, dos quais não estava acostumado a comer, você pode se surpreender por gostar de alguns tipos de alimentos,  se não, muitos deles.Posso dizer que esta poderá ser uma experiência muito gostosa!

Aproveite todas as dicas, e para se aprofundar mais, procure pela opinião de profissionais como a opinião da Dr. Susan Biali, especializada em saúde e felicidade.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *