Doenças comuns da infância

infância



Os bebês e as crianças precisam ser acompanhados desde a concepção. A pediatria é o ramo da medicina que cuida de estudar a saúde da criança desde o seu nascimento até a adolescência. Durante esta fase, eles apresentam características anatômicas e fisiológicas muito diferenciadas das características dos adultos, por isso é necessário tal especialização, no entanto, muitas crianças podem sofrer da maioria das doenças que nos afetam.

O sarampo,  a catapora e a  coqueluche, estão entre as doenças infantis mais comuns. É preciso tomar todos os cuidados necessários para evitar tais doenças desde muito cedo, enquanto bebês, por que a sua imunidade ainda é pouco desenvolvida, e portanto sua resistência à doenças muito baixa, ou seja, qualquer dessas doenças poderá ser fatal, se adquirida.

infância

Logo ao nascer o pediatra deverá recomendar as vacinas preventivas. Algumas doses podem necessitar de reforço, e devem ser tomadas novamente conforme a recomendação pediátrica. O pediatra deverá acompanhar a saúde de nossos filhos durante suas etapas de desenvolvimento até a fase adulta.

Etapas do desenvolvimento da infância

A criança apresenta, em cada etapa de sua vida, características físicas, anatômicas, fisiológicas e psíquicas, muito diferenciada das características observadas no adulto. Podemos observar tais etapas do desenvolvimento da infância:

  • Período natal: Desde a ruptura da bolsa até o final do primeiro dia de vida
  • Período neonatal: Quatro primeiras semanas de vida
  • Primeira infância: Até os 2 anos de vida
  • Idade pré escolar: Dos 2 anos até os 5 anos de vida
  • Idade escolar: Dos 5 anos até a puberdade
  • Puberdade: Adolescência

Período Natal

Durante o período natal, que diz respeito ao primeiro dia vida do bebê, o pediatra analisa alguns aspectos da sua saúde, tais como, cor da pele, limpeza das via aéreas, aplicação de colírio (para prevenir infecções), e testes para identificar anomalias metabólicas e possíveis mal formações.

Período neonatal

No período neonatal o índice de mortalidade é bastante alto, principalmente entre prematuros e crianças com baixo peso. Isso ocorre devido a menor resistência a infecções.

Primeira infância

Esta é a fase de crescimento com grande desenvolvimento psíquico, da fala e da coordenação motora. É muito comum doenças relacionadas a desnutrição, por falhas cometidas na alimentação adequada do bebê, e infecções transmitidas por adultos.

Idade pré escolar

Etapa em que a criança apresenta uma natural curiosidade sobre tudo e deve-se permitir a sua exploração sobre tudo ao seu redor com a finalidade de desenvolvimento adequado. Os cuidados nesta fase deverão estar relacionados à uma boa alimentação, infecções e acidentes.

Idade escolar

Nesta etapa do desenvolvimento da criança, se faz importante uma alimentação rica em nutrientes e exercícios físicos adequados para que ocorra um bom desenvolvimento social e mental.

Puberdade

Nesta fase, em que ocorre muitas transformações, tanto físicas quanto psíquicas, se torna mais propícia as infecções. Entre as infecções mais comuns temos: tuberculose, infecções reumáticas, meningite e cáries dentárias.

Fatores desencadeantes das doenças da infância

Entre os principais fatores desencadeantes de anomalias no organismo infantil, destacam-se:

  • Hereditariedade
  • Desenvolvimento embrionário e fetal
  • Influência do ambiente
  • Transtornos do crescimento
  • Nutrição
  • Medicamentos

As doenças de caráter genético possuem suas raízes nas características genéticas dos pais, e geralmente se desenvolvem durante o período de gestação, na fase embrionária. As suas manifestações geralmente ocorrem durante a etapa infantil de desenvolvimento humano.

Outra forma de doença genética pode ser caracterizada pela união de células, como é o caso das crianças com síndrome de Down, que possuem um cromossomo a mais que a maioria dos bebês, mas também por agentes químicos, doença adquirida pela mãe ou intoxicação da mesma.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *