Hérnia umbilical infantil

hérnia umbilical infantil



Um tipo de doença muito comum em bebês e crianças, é a hérnia umbilical infantil. Essa condição surge quando uma parte do abdome sai através do anel umbilical. A hérnia umbilical é mais freqüente em recém nascidos, mas também pode ser observada no embrião, feto, ou adulto. Os embriões que apresentam a hérnia umbilical geralmente não resistem, já a doença percebida em fetos deverá ser solucionada logo após o seu nascimento através de métodos cirúrgicos. Em adultos a hérnia pode não ser tão ofensiva, mas se preciso, métodos cirúrgicos deverão ser aplicados para solucionar o problema.

Causas da hérnia umbilical infantil

A hérnia umbilical ocorre quando, após a queda do coto umbilical, a parede do abdome não se fecha completamente. Os sintomas podem ser percebidos após 6 meses sendo mais comum, o surgimento em meninas.

bebê com hérnia umbilical

A hérnia pode ser percebida como um volume na região do umbigo. Sua consistência é macia, assim como os órgãos que constituem o abdome, o médico poderá fazer com que o volume retorne apenas com uma suave pressão local, mas somente a cirurgia poderá resolver o problema. Em alguns bebês o volume surge apenas quando há esforço físico como choro.

Sintomas da hérnia umbilical infantil

A hérnia umbilical geralmente não causa dor, mas se esta  ocorrer significa que é necessário uma intervenção cirúrgica para prevenir possíveis complicações. Ocorre de poder haver um aumento na largura do orifício de saída dos órgãos contidos no abdome e uma conseqüente interrupção da circulação sanguínea e gangrena.

Como tratar um bebê com hérnia umbilical infantil

Os bebês com os sintomas de hérnia umbilical infantil devem receber massagens em torno do umbigo que fortaleçam a musculatura da região e reduzam o orifício. Pode-se aplicar uma faixa de esparadrapo grossa em torno do mesmo com a mesma intenção, a de redução do anel umbilical de passagem dos  órgãos.

Caso a hérnia evolua até o sexto mês de vida do bebê, ou mais, o médico deverá optar pela intervenção cirúrgica. As antigas cintas, ou faixas umbilicais, não são de todo reprovadas, mas devido ao surgimento de alergias na pele e demora na cicatrização do coto umbilical, costumam ser evitadas.

De qualquer forma a cirurgia da hérnia umbilical infantil pode ser simples, somente em casos onde ocorre interrupção da circulação sanguínea é que deve-se preocupar. No entanto o segundo caso é muito raro.

 

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *