5 dicas para amamentar o bebê recém nascido

amamentar o bebê



A amamentação é uma fase muito especial entre a mãe e o bebê recém nascido, mas, também pode ser um acontecimento muito difícil e cheio de frustrações. Muitas vezes acontece do leite materno “não descer” tão facilmente assim que o bebê nasce e começa a sugar a mama, algumas mamas não tem bico e o bebê não consegue exercer a sucção corretamente, a produção de leite pode ser muito pouca, ou, tanta, que pode causar o inchaço das mamas, (uma condição extremamente dolorosa), o bico do seio costuma rachar em contato com a saliva do bebê e, o bebê não ganha peso como deveria, proporcionando um estado de estresse que também afeta a produção de leite. Sendo assim, para tornar o momento de você amamentar o bebê o mais proveitoso possível, selecionei algumas dicas que podem amenizar muitos destes problemas.

5 dicas para amamentar o bebê recém nascido

 

1. Deixe o bebê sugar para estimular a produção de leite materno

As mamas são repletas de glândulas similares a cachos de uva que, ao serem sugadas pelo bebê, liberam o leite materno. Cada vez que o bebê suga a mama e esta libera o leite produzido, estas glândulas são estimuladas a produzirem mais e mais leite materno, por isso você não deve desistir  de deixar o bebê sugar. A baixa produção de leite é uma condição temporária e logo esta se normalizará para satisfazê-lo. Se o bico do seio rachar, use pomadas para assaduras de bebê e soro fisiológico para auxiliar na cicatrização.

2. Evite o estresse para não interromper a produção de leite

Quando estamos em fase de amamentação o ambiente deve ser tranquilo pois o estresse pode acabar favorecendo a produção de hormônios que inibem a produção de leite e atrapalham a amamentação. O cansaço, o nervosismo e as fortes dores do pós parto, também atrapalham neste momento tão importante para a saúde da mãe e do bebê, por isso toda ajuda deve ser bem vinda. Alimente-se bem e durma sempre que puder para recuperar as energias. O bebê precisa que sua mãe esteja saudável e feliz para que não sinta falta de nada essencial.

3. Fique numa posição confortável para amamentar o seu bebê

Almofadas de amamentação são excelentes para as mães amamentarem, principalmente logo após o parto. Ela contribui para que a mãe não fique com o braço cansado, o que é muito incômodo. Uma poltrona macia e confortável também pode contribuir para o sucesso desta missão. As vezes o bebê passa um longo tempo mamando e por isso é importante evitar o cansaço, a principal causa da impaciência.

4. Amamente o bebê da forma correta

Se o bebê sugar a mama de forma correta o estímulo à produção do leite será mais eficiente e portanto mais rápida. Para tanto, o bebê precisa sugar desde a auréola e não somente o bico. Ao sugar somente o bico ele poderá causar rachaduras e dor. Enquanto o bebê estiver mamando observe se o seio não está bloqueando o seu nariz, ou poderá impedi-lo de respirar, acomode uma fralda entre o seio e o rosto do bebê para que o leite não escorra para seu ouvido, é muito comum ocorrer infecção no ouvido de bebês devido ao acúmulo de leite materno que escorre durante a amamentação.

5. Compre sutiãs adequados para a amamentação

Alguns sutiãs podem salvar o dia da amamentação, pois muitos facilitam a prática de amamentar. Os sutiãs comuns podem ser incômodos e exigir verdadeiras manobras para serem utilizados para este fim. Além disso, quando você estiver produzindo bastante leite, precisará de tampões que muitos sutiãs comuns não escondem sob a roupa.

Aproveitem todas as dicas e insista neste momento exclusivo entre você e o bebê.

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *