5 fatos que comprovam que o refrigerante faz mal à saúde

refrigerante



Com toda esta onda de alimentação saudável que vem dominando a cultura americana, normalmente conhecida por suas redes de comidas rápidas e praticamente artificiais, novas evidências sobre o mal que o refrigerante causa à nossa saúde começam a aparecer. Cientistas descobriram que o refrigerante é capaz de causar câncer e destruir o nosso DNA, além de, potencializar os efeitos do envelhecimento e da obesidade. Conheça os riscos que você assume ao tomar uma latinha de refrigerante todos os dias durante as refeições.

5 fatos que comprovam que o refrigerante faz mal

 

1. O refrigerante pode danificar o esmalte dos dentes

O ph dos refrigerantes é muito baixo o que significa que sua ação ácida pode danificar o esmalte dos dentes e causar cáries. Aqueles que se intitulam sem açúcar ou diet, possuem produtos acidíferos que promovem o mesmo efeito sobre os dentes. Nos Estados Unidos a Academia Americana de Pediatras iniciou uma campanha de alerta sobre os perigos do refrigerante para as crianças.

2. A ingestão de refrigerante envelhece tanto quanto o fumo

Um estudo publicado no American Journal of Public Health, afirma que os cientistas que estudavam os efeitos do refrigerante sobre o nosso DNA encontraram provas de que a bebida envelhece até 4,6 anos biológicos.  As células das pessoas que consomem pelo menos 500 ml do produto por dia, sofreriam os mesmos efeitos do fumo sobre a pele.

Apenas 1 latinha com a bebida contém 350 ml de refrigerante, e  2 copos grandes equivalem a 500 ml.

3. Cientistas descobriram que o refrigerante danifica o nosso DNA

Foi comprovado que as pessoas que consumiam até 500 ml de refrigerante por dia, possuem menos telomeros nos glóbulos brancos. Estes telomeros são parte constituinte do nosso DNA, e sem eles poderíamos adoecer de câncer ou problemas do coração.

4. A osteoporose pode ser potencializada pelo consumo de refrigerante

Embora alguns nutricionistas defendam que o ácido fosfórico presente na bebida não cause osteoporose, estudos realizados nos Estados Unidos apontam para uma possível ligação entre o refrigerante e a doença nos ossos. A maior incidência da doença pôde ser constatada nas mulheres, a deficiência de cálcio foi percebida especificamente nos ossos dos quadris. O estudo foi realizado por Katherine Tucker, da Universidade Tucks em Boston.

5. Refrigerantes aumentam as chances de manter as celulites

As células infeccionadas por gordura que se denominam celulites, podem ser potencializadas por pessoas que consomem mais refrigerante. Embora as celulites possuam diversas causas, o teor calórico da bebida potencializa o acúmulo de gordura na região. Já aquelas que optam pela água, sucos e chás, reduzem drasticamente o efeito que as celulites causam na pele, pois os sucos, chás e água favorecem a circulação sanguínea, auxiliam na eliminação da retenção de líquidos e impedem que a gordura se acumule nas células.

Estes fatos alertam para o perigo do consumo exagerado do refrigerante e o mal que a bebida pode proporcionar para a saúde, mas não significa que você deva eliminá-la do seu cardápio, apenas reduza o seu consumo.

 

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *