O que fazer para os filhos se alimentarem bem na infância

alimentação



Ver os filhos se alimentarem bem na infância, a partir de um cardápio variado e completo de vitaminas, é a tranquilidade de toda mãe mas, não são todas as mães que podem se gabar desse momento que, por muito pouco, pode se tornar uma verdadeira tortura! Recebi alguns e-mails de mães preocupadas com a alimentação dos filhos  em casa e separei algumas dicas que podem auxiliar nesta fase, espero que aproveitem bem!

O que fazer para os filhos se alimentarem bem na infância

 É importante saber que A amamentação influencia na alimentação do bebê. Assim tomamos consciência do quanto somos responsáveis pelo que o bebê irá comer depois de nascer. O leite materno tem uma substância conhecida como flavor , responsável por transmitir ao bebê o sabor dos alimentos que a mãe come enquanto está amamentando. Por isso nos alimentarmos bem, com frutas e legumes nesta fase é muito importante para que o bebê se acostume ao sabor dos alimentos, e não tenha dificuldade em aceita-los quando começar a comer sozinho.
Entre os benefícios da amamentação temos a proteção contra vários tipos de doenças, recentemente descobriu-se os benefícios do leite materno contra o câncer e contra a dengue .

Fatores que podem prejudicar a alimentação dos filhos na infância

Alguns fatores podem prejudicar a alimentação dos filhos como, stress infantil, depressão infantil, depressão pós parto da mãe ou outros como,  a má aceitação da morte de algum familiar, mudança de bairro ou escola,  brigas e discussões entre o casal ou na família.

A alimentação do bebê também poderá ser prejudicada com a introdução de uma nova alimentação. A maneira repentina como as papinhas salgadas, são colocadas também pode causar a anorexia infantil.

Os fatores causadores da rejeição alimentar pelos bebês e crianças,  variam de família para família e de caso para caso. O  acompanhamento de um médico pediatra e uma nutricionista se faz necessário.

Dicas de como estimular a alimentação dos nossos filhos

Primeiro a mãe deve se preocupar em identificar a causa da falta de apetite ou rejeição da criança e resolver o problema com a indicação especializada adequada.Caso não haja nenhum trauma ou doença específica que esteja causando o transtorno alimentar na criança, siga alguns desses estímulos:

  • Estipule horários para a alimentação da criança. Se alimentar de três em três horas não mata ou sacrifica ninguém!
  • Salgadinhos doces e refrigerantes não são alimentos.
  • Não obrigue a criança a comer o que não gosta. Introduza o alimento que é novidade para seu filho com o alimento de fácil aceitação.

A mudança de hábitos deve acontecer aos poucos

A mudança nos hábitos alimentares da criança deve acontecer de pouco em pouco. Se seu filho não come feijão por exemplo, ofereça somente o caldinho a princípio e,  assim por diante.

  • As crianças podem ser estimuladas a comer alimentos diferentes como frutas, legumes e verduras quando se sentem à vontade para toca-los, sentir o cheiro, e observá-los.
  • Permita que seu filho “brinque” com a comida de vez em quando, e providencie para que o ambiente esteja limpo pois, o bebê ou a criança certamente levará o alimento à boca.
  • Deixe que escolham o cardápio da merenda escolar uma vez por semana, se fizer questão de uma alimentação mais saudável na maior parte dos dias.
  • Não crie um ambiente de pressão, ou desânimo em torno da questão, a criança percebe quando estão dando importância demais a determinados  assuntos  e  sabe aproveitar a situação para chamar ainda mais a atenção. Não façam do momento de comer o maior acontecimento do dia!
  • E … Jamais desista nas três primeiras tentativas.

Se você  passa por essa dificuldade ou já passou, e  tem alguma dica que possa ajudar as mamães que estão nessa situação, divida seu momento conosco!

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

5 thoughts on “O que fazer para os filhos se alimentarem bem na infância

  1. Mr.Jones says:

    Opa tekinha, sobre a merenda escolar, mesmo q eu deixe elas escolherem algo para sair da rotina, como bobagens q criança gosta, de jeito nenhum elas vao optar por guloseimas. elas nem curtem chocolate.
    E outra, elas nao comem carne vermelha. Ja fiz de tudo para elas apreciarem as carnes, por ordem da pediatra. Pq diz ela q estimula o cerebro (inteligencia). Ja outra me disse que é otimo minhas filhas nao curtirem carnes. Elas sao apreciadoras de legumes, hortaliças e muitas frutas e só curtem PEIXES.
    E esse lance de espelho dos pais, é meio dubio, pq eu ADORO CARNES.

  2. Iolanda says:

    MINHA FILHA TEM HOJE QUASE SEIS ANOS DE IDADE, MAS QUANDO ERA MENOR EU USAVA UMA TÉCNICA … FAZIA TODOS OS ALIMENTO FALAREM COM ELA E ATÉ O ESTÔMAGO FALAVA TB, ERA TUDO DE MANEIRA LÚDICA.
    eLA ACABAVA COMENDO DE TUDO, POIS ERA LEGAL OS ALIMENTOS PEDIREM PARA SER COMIDOS.
    CLARO QUE COM UMA VOZ DIFERENTE DA MINHA E DE FORMA BEM ENGRAÇADA
    COMIGO DEU CERTO, BOA SORTE ESPERO QUE AJUDE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *