Volta às aulas: dicas de readaptação

cadernos



As férias estão chegando ao fim, e é preciso readaptar as crianças à rotina escolar. Para que a volta às aulas seja tranquila e interessante, selecionamos algumas dicas que poderão auxiliar os pais a realizar esta função com menos estresse e maior praticidade.

Volta às aulas

Muitas crianças sentem dificuldade no momento de se readaptarem aos horários escolares. Se acordam bem cedo, sentem sono, ficam cansadas, mal humoradas, e acabam rendendo muito pouco. O ideal é ir voltando ao ritmo dos meses anteriores à férias, aos poucos, sem causar muito desgaste.

Se as crianças ficam aos cuidados dos avós ou com a babá, faça esta recomendação, assim, todos sofrerão menos.

Acordem crianças!

Se durante as férias era permitido conversar pelo telefone ou em comunidades sociais na internet por mais tempo e, acordar até um pouco mais tarde, próximos da volta ás aulas, é preciso ir retomando a rotina estabelecendo horários e disciplinas mais rigorosas, aos poucos.

Saudades da escola?

Algumas crianças dão muito trabalho para voltar às aulas, incentiva-las a conversar sobre a escola, fazendo com que se lembrem dos amigos e de momentos e práticas que gostavam de participar enquanto estudavam, favorecerá que a criança vá se acostumando novamente à antiga rotina.

Brincadeiras de desenhar ou escrever, também auxiliam no processo de readaptação.

Material escolar em dia

O material escolar precisa estar em dia para a volta às aulas das crianças, e elas podem ajudar a reorganizar tudo, desde os livros e cadernos, até lápis canetas e outros acessórios, façam isso juntos,  dias antes da volta às aulas.

Chega de comer besteiras

Durante as férias das crianças, ficamos mais cansados e estressados, isso é normal, principalmente quando os amiguinhos se juntam e ficam dias inteiros em casa. Para facilitar a tarefa do dia a dia e eventualmente conciliar o trabalho com as férias escolares, relaxamos um pouco com a alimentação e abusamos dos lanches rápidos e práticos.

A dica é oferecer lanches mais naturais e saudáveis preparados com antecedência, ou,  ir preparando os alimentos de costume para que não sofram tanto com o fim das férias.

Sem birra

Sentir preguiça de voltar às aulas é natural, saber conversar e interagir com  a criança de maneira tranquila apesar de firme, lhe fará sentir que não poderá faltar à aula e, não importa a birra que se faça.

Apesar das dificuldades, tente fazer deste momento o mais tranquilo possível, não se irrite, não dispense palavras e principalmente, não se permita ceder às vontades da criança.

Boa volta às aulas!

Teka

Redatora e ilustradora de conteúdo para sites na internet. Curiosa, pesquisadora e investigativa. Tinha o sonho de se tornar astronauta. Acredita que um dia encontrará a "arca da aliança" e trocará informações com civilizações avançadas de outros planetas. Casada há 20 anos, mãe de 3 filhos, compartilhando experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *